doutoramento políticas públicas

apresentação

O Doutoramento em Políticas Públicas forma investigadores e professores do ensino superior, bem como profissionais altamente qualificados na análise, desenho, gestão e avaliação de políticas públicas, tanto em organizações nacionais como europeias e internacionais.

O programa dura três anos, ao longo dos quais os estudantes têm a possibilidade de desenvolver conhecimentos teóricos e competências práticas. No primeiro, os doutorandos frequentam seis seminários obrigatórios dedicados ao estudo das teorias e metodologias em políticas públicas, bem como duas cadeiras opcionais que cobrem um leque diversificado de áreas: políticas sociais, de defesa e de relações externas, educação, saúde, meio ambiente, imigração, média, ciência e tecnologia, energia e desenvolvimento. Nos outros dois anos, os doutorandos preparam a sua tese realizando uma investigação no Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES-IUL). Complementarmente, frequentam um seminário de pesquisa, um ciclo internacional de conferências e o Fórum das Políticas Públicas.

Aos alunos que concluam o primeiro ano, denominado curso de doutoramento, é atribuído o Diploma de Estudos Avançados em Políticas Públicas, com 60 créditos (ECTS).

O corpo docente e de conferencistas integra especialistas portugueses e estrangeiros, incluindo cientistas sociais, advogados e economistas, antigos ministros, peritos e decisores políticos de alto nível.

A coordenação do doutoramento é assegurada por Pedro Adão e Silva.

Normas regulamentares do doutoramento:

 - Alunos que ingressaram a partir do ano letivo de 2016/2017:

- Alunos que ingressaram até ao ano letivo de 2015/2016: