doutoramento políticas públicas

apresentação

Objetivos gerais

Oferecer uma formação avançada no domínio das políticas públicas que proporcione aos alunos:

a) uma compreensão sistemática do domínio científico das políticas públicas, e em especial dos processos de internacionalização e europeização com elas associados,

b) um conhecimento actualizado das perspectivas analíticas, conceitos, teorias e problemas nos estudos pluridisciplinares das políticas públicas;

c) uma capacidade comprovada de desenho e operacionalização de modelos comparativos nesta área;

d) uma capacidade de realizar uma investigação significativa, respeitando parâmetros exigentes de qualidade e integridade académicas;

e) uma capacidade de comunicar com a comunidade académica e com a sociedade em geral sobre a área científica das políticas públicas;

f) uma capacidade de intervenção informada na análise, desenho, gestão e avaliação de políticas públicas, tanto em organizações nacionais como europeias e internacionais.

 

Objetivos de aprendizagem

Pretende-se que ao concluir o ciclo de estudos os estudantes sejam capazes de:

a) identificar e avaliar os principais modelos de análise, quadros conceptuais e estratégias metodológicas do domínio científico das políticas públicas;

b) articular instrumentos teóricos e metodológicos na realização de investigação científica significativa e de qualidade na área das políticas públicas;

c) operacionalizar e aplicar os conhecimentos adquiridos ao desenho, análise, gestão e avaliação de políticas públicas, tanto no plano nacional como europeu e internacional;

d) comunicar e difundir os resultados do seu trabalho, na comunidade académica e na sociedade em geral.

 

Em cada unidade curricular estes objectivos são operacionalizados e medidos através de instrumentos específicos. No primeiro ano, os doutorandos frequentam seis seminários obrigatórios dedicados ao estudo das teorias e metodologias em políticas públicas, bem como duas cadeiras opcionais que cobrem um leque diversificado de áreas: políticas sociais, de defesa e de relações externas, educação, saúde, meio ambiente, imigração, média, ciência e tecnologia, energia e desenvolvimento (60 créditos, ECTS). Nos outros dois anos, os doutorandos preparam a sua tese realizando uma investigação no Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES-IUL) (120 créditos, ECTS). Complementarmente, frequentam um seminário de pesquisa, um ciclo internacional de conferências e o Fórum das Políticas Públicas. A realização e defesa da tese de doutoramento operacionalizam estes conhecimentos, aptidões e competências e proporcionam a aferição e medição do seu grau de cumprimento de forma integrada.